Mudar para ser feliz!

Por que mudei o nicho do blog e do canal para lifestyle?
Nos últimos meses li artigos de marketing  que me incomodavam e me faziam sentir pressionada dizendo que precisamos escolher um nicho específico pro Blog e YouTube.

Porém, eu nunca quis ser uma blogueira que fala apenas de fotografia só porque sou fotógrafa, só de livros porque gosto de ler, só de música porque amo música e escrevo sobre essas coisas de vez em quando. Meu universo é tão imenso e há tanto pra compartilhar com vocês que resolvi não ceder à pressão mesmo sabendo que eu poderia ter um crescimento um pouco mais lento do que os blogs e canais de nichos mais específicos. Assim, optei por seguir meu coração e compartilhar com vocês minhas inúmeras paixões.

 

Pessoas multipotenciais sofrem com essa pressão de ter que abrir mão de tantas coisas que gostam para se dedicar à uma atividade apenas e nós artistas, em grande parte, somos multipotenciais. Escrever, desenhar, tocar violão, fotografar, dançar, decorar, são apenas exemplos de coisas que amo fazer desde criança…

Pensando nisso, percebi que o errado é deixar de compartilhar nossos dons, deixar de ocupar nosso lugar no mundo para seguir regras.
Gente, regras são boas e necessárias mas elas servem para serem quebradas de vez em quando! Pra quem era engenheira e deixou a carreira consolidada pra ser fotógrafa, você já pode imaginar que gosto de pensar fora da caixa, remar contra a maré, ser autêntica, seguir o coração. Toda mudança que fiz foi muito bem avaliada, feita com cuidado ao longo de anos mas se hoje sou feliz é porquê peguei os remos, remei contra a maré, segui meu próprio caminho pra ser realizada profissionalmente.

 

Com o Blog e canal do YouTube não poderia ser diferente. Tive uma fase que me peguei insatisfeita com o rumo que o canal estava tomando e assisti meus vídeos falando sobre a coragem de mudar de rumo, sobre todo processo que levou dois anos pra me desapegar do meu diploma e deixar minha carreira de engenheira. Quem diria que anos depois aquele vídeo serviria para mim mesma?

 

Eu nunca quis ser uma youtuber focada apenas em fotografia, como mencionei anteriormente, mas nessa época eu falava muito de fotografia e aconteceu naturalmente com o canal. Mudar isso tomou algum tempo dos meus dias, foi uma decisão difícil e no início perdi muitos seguidores fotógrafos que claramente só queriam vídeos e posts técnicos de fotografia, enquanto eu queria falar mais da essência, da fotografia como arte e forma de expressão.

 

Esse foi o momento que parei de me identificar com os temas que alguns seguidores pediam para eu gravar e percebi que aquilo estava começando a ficar desconexo com a minha forma de enxergar a fotografia. Decidi mudar o público alvo tão mencionado no marketing e falar de outros assuntos que também amo, com a certeza de que os seguidores que continuassem, estariam ali porquê se identificam e se sentem conectados comigo por algum motivo maior, por querer ter uma relação de amizade, de carinho… e não seriam apenas números.

Hoje sei que posso continuar falando de fotografia como arte quando eu sentir vontade, assim como compartilhar todas as outras coisas que amo pois quem ficou, ficou por se identificar com o ser humano Luiza, e não com a fotógrafa profissional apenas. São pessoas que entendem que a fotografia é apenas uma parte importante da minha vida!

 

Para nossa felicidade, alguém teve a brilhante ideia de criar o nicho ‘Lifestyle’ (estilo de vida), que hoje é onde nosso blog e canal do YouTube melhor se encaixa.

Como blogueira e youtuber lifestyle posso compartilhar meu estilo de vida, experiências, meus valores, dar dicas pra ajudar vocês tanto na vida profissional como pessoal, conversar sobre assuntos sérios e particularmente eu adoro fazer parte desse nicho porquê eu amo ajudar as pessoas.
Mas o mais legal são as amizades novas que as redes socais trazem, vocês acabam me acompanhando na academia, dando dicas de treinos e suplementos, de alimentação, fotografando nos casamentos, indo a restaurantes, viajando, falando de decoração, indicando livros que estou lendo, falando de moda, fotografia, filmes, músicas, beleza, artes e por aí vai…
E sempre que eu compartilho algo com vocês, eu acabo aprendendo junto. Vocês já me ensinaram muitas coisas também.
Essa experiência só me provou, pela segunda vez na vida, que não devemos nos render às pressões externas, nem nos “vender” por likes, nem seguir o caminho mais fácil, porquê atalhos não existem a longo prazo.
Se você não opta pelo que te faz feliz, uma hora você não vai mais aguentar e vai ter que mudar o rumo do mesmo jeito, caso contrário vai viver eternamente insatisfeito, então simplifique a vida e escolha sempre o que te faz feliz! Eu fui corajosa e escolhi!

Graças a essa escolha, hoje posso estar aqui compartilhando essa experiência com vocês ao invés de estar presa em temas que falem apenas de fotografia, e se você voltar aqui mais vezes é porquê sentiu afinidade, é porquê temos alguma coisa ou muitas coisas em comum, e é isso que quero por aqui… Pessoas incríveis que eu possa um dia conhecer, não números.

Mas se você ainda tem medo de mudança, então assista esse vídeo:

🙂

Obrigada por estar aqui! Aproveita pra se inscrever aqui no canal e acompanhar os vídeos.

Um beijo,
Luli.